Limp Tech limpeza e higienização

Ligue: (11) 2609-6000 whatsapp2 (11)96027-1176

4 Dicas para deixar a casa limpinha na chegada do bebê

O seu bebê está prestes a chegar, mas você já preparou a casa para recebê-lo? Saiba que a higienização da casa é fundamental para assegurar a saúde do novo integrante, que é muito frágil nos primeiros meses de vida.

Confira quatro dicas de limpeza, que vão ajudá-la a deixar sua casa limpinha:

Higienização de estofados

Dificilmente submetemos sofás, poltronas e estofados em geral, a uma limpeza profunda. É importante lembrarmos sempre que tais itens acumulam poeira ao longo do tempo, o que significa também acúmulo de ácaros, fungos e bactérias, responsáveis por muitas doenças respiratórias como alergias e irritações na pele. Lembre-se também que o bebê fica muito vulnerável à sujeira, por passar a mãozinha nas coisas e depois levá-la à boca.
Por isso, é preciso cuidado redobrado: encaminhe os estofados a uma higienização profissional, que removerá totalmente os micro-organismos e, além disso, com produtos específicos e adequados, que evitarão reações alérgicas.

Limpeza de tapetes, carpetes e cortinas

Por mais que você tenha o costume de passar aspirador de pó, é preciso que submeta seus carpetes, tapetes e cortinas também a uma higienização profissional, que garantirá a remoção dos ácaros, que não são totalmente removidos com o aspirador.

Limpe os móveis novos do bebê

Imaginamos que os móveis do quarto do bebê venham limpinhos para a nossa casa. No entanto, não podemos esquecer que, muitas vezes, ficam expostos nas lojas ou sujeitos à poeira nos estoques das fábricas. Além disso, devemos considerar também o transporte, que pode sujá-los durante o manuseio da fábrica ou loja até sua casa. Portanto, antes da chegada do grande dia, limpe-os com produtos específicos para não estragar o material e garantir móveis limpinhos e assegurar a saúde do bebê.

Limpeza de pisos

A vinda de um bebê exige que a higienização dos pisos seja feita diariamente. Atenção aos produtos de limpeza usados, pois, dependendo, podem irritar as mucosas da criança e causar alergias.